Mood

Dezembro 14, 2006

Fim do dia – Apenas uma súbita e desavinda vontade de me desfazer em lágrimas. Apenas uma brutal vontade de me partir em pranto. E chorar muito, muito. Por todas as coisas e por nenhuma em especial. Só uma vontade. Esta vontade. De borbotar e escorrer. De fluir. De ser caudalosa. De cometer um acto mais líquido e forte. De chorar como quem transborda. E depois assinar por baixo: “Eu”.

* Foto: Hudlu

Anúncios

3 Respostas to “Mood”

  1. Silver Says:

    Chorar também faz bem. Alivia.
    Obrigada pela visita. bjinhes e outro 🙂

  2. Erwin Says:

    Silence is all we dread.
    There’s Ransom is a Voice –
    But Silence is Infinity,
    Himself have not a face.

    Emily Dickinson

    O Silêncio amedronta.
    Conforta-nos a Fala –
    Mas o Silência é Infinitude.
    Silêncio não tem cara.

    Pela tradução José Lira.


  3. Chorar é uma purificação ao nosso alcance que devemos aproveitar sempre que precisamos!

    Até sempre


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: