Script #37 | O Toque

Janeiro 10, 2007

Ás vezes basta um instante, basta um enlace pela cintura, um arrepio corrido à pele, um brilhozinho nos olhos, um sono mais feliz, um céu mais azul, um coração a bater mais descompassado, um pouco que é muito, um nada que é tudo. Ás vezes basta um detalhe, uma diferença ínfima, uma súbtil alteração na normal percepção das coisas percebidas de sempre. Ás vezes basta ser uma vez, basta uma vez mais á frente no tempo, num tempo outro, distinto do mesmo, distinto do que foi sem nunca ter sequer chegado a ter sido. E, por cima da inusitada surpresa, sobrevém tão só a inquestionável evidência das coisas claras e simples. Claras porque simples ou simples porque claras, eu não sei. Mas sabe-o o Fado, que é o que importa. Sabe-o antes e primeiro que todos. Como sabe sempre todas as coisas que há para saber. Como se nunca ninguém lhe pudesse contar nada que já não saiba, – a ele, ao Fado – sabedor que é de todos os segredos e sentires que podem em vida passar pela cabeça dos corações mais excêntricos e improváveis.
play_3475.gif  Camané – “Ela tinha uma amiga”  nota_animada25.gif

Anúncios

Uma resposta to “Script #37 | O Toque”

  1. Maria Julia Says:

    AdoOreiii!!!
    =]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: