«Te perdoo por te trair»

Novembro 4, 2006

milperdoes400.gif

Difícil a canção, nada óbvio o sentido, as palavras, a emoção de perfil. Como a vida e os ímpares amores. Perfeita, a canção! Reverencial o momento em que, depois tantos anos e tantas vezes de vitrola, tenho o privilégio de escutar Chico cantá-la ao vivo.  Para mim foi, de todas as canções da noite, a mais sublime e brutal. Exímia na mestria, crucial no gume. Árdua tarefa, essa de a desembrulhar ao centro. Não vale a pena perguntarem-me porquê. Há coisas que não se explicam. Intuem-se e chega-se lá. Portanto, calem-se, oiçam e vejam o que entendem, como entendem, e até onde conseguem chegar no puro entendimento da canção. Porque está tudo aí! Sempre esteve. E ainda lá está, agora : «te perdoo por te trair».

play_343.gif  Chico Buarque “Mil Perdões” nota_animada3.gif
(composta para o filme Perdoa-me por me traíres, de Braz Chediak. Em 1983, se a memória não me atraiçoa. Perdoem, mas era ainda demasiado pequenina! )

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: