Notícia | Curso gratuito online: saiba tudo sobre como construir uma bomba nuclear

Novembro 3, 2006

Se gosta de histórias do domínio do insólito, então recomendo a leitura deste artigo do The New York Times. Entrará directamente na dimensão do bizarro, numa espécie de twilight zone entre o assustador e o absurdo, garanto. Ali se narra um episódio no mínimo delirante, que passo a resumir. Na ânsia desesperada de provar ao mundo que o ataque lançado contra o Iraque em 2003 tinha fundamento, G. Bush autorizou que fosse colocado online, em Março deste ano,  o site Operation Iraqi Freedom Document Portalcontendo documentos capturados durante a guerra no Iraque que, alegadamente, provariam a ameaça demoníaca que Saddam Hyussein representava para o mundo ou, dito de outra forma, serviriam para legitimar a intervenção militar americana, num momento em que à onda internacional de críticas e protestos se juntava o crescente desconforto dos próprios americanos perante a perpetuação do cenário de guerra.

Acontece que, não se sabe bem se pela enorme quantidade de caixotes trazidos do Iraque, se pela dificuldade acrescida dos documentos se encontrarem escritos em árabe e obrigarem a um processo moroso de tradução – argumento que, diga-se de passagem, os republicanos do Congresso já não aceitava pacificamente, razão pela qual, recorde-se, pressionavam cada vez mais  Governo a revelar provas convincentes da ofensiva armada que continuava e continua activa no terreno – o certo é que, no meio da papelada tornada pública, vieram à mistura documentos que, para bem de todos e salvação do mundo, nunca deveriam ter visto a luz do dia.

Na avalanche foram colocados online documentos com detalhes da pesquisa nuclear feita pelo Iraque antes da Guerra do Golfo de 1991: desenhos, diagramas, equações e longos descritivos sobre a construção de bombas, com especial detalhe para o enfoque atómico,  tudo isto foi indiscriminadamente disponibilizado no site.

Finalmente, na última quarta-feira, o governo Bush, dando-se conta que proporcionava a qualquer cibernauta, aquilo que um alto diplomata americano considerou um «autêntico livro de receitas para construir uma bomba nuclear», deu finalmente crédito à preocupação de peritos militares e especialistas em armas e mandou suspender o site  até que os conteúdos disponíveis sejam revistos. 

E fico eu a perguntar-me como pretende G. Bush corrigir a disseminação  do tema e dos conteúdos que, de Março a Novembro, ali estiveram disponíveis?!… Uma simples busca no Google mostra bem a velocidade a que se propagaram na net, em múltiplos fóruns, e blogs, e sites, e homepages, e agregadores de informação, e sabe-se lá o que mais e entre quem, conhecida que é a apetência dos terroristas pelas novas tecnologias.

De um canto do globo ao outro, imagino que muitos devem estar gratos a G. Bush por ter disponibilizado tão elucidativa ferramenta de acesso a uma aprendizagem preciosa, um verdadeiro curso gratuito sobre as técnicas e tácticas em voga no Iraque, no que toca à construção de uma bomba nuclear. E viva a globalização dos conhecimentos!…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: