Mulher | Elas e os divórcios

Outubro 11, 2006

Leio a manchete do Destak, hoje bem cedo: ao que os números mais recentes permitem concluir, em 70% dos casos de divórcio, a iniciativa é da mulher.
Primeiro congratulo-me com a notícia: é bom saber que são cada vez menos as mulheres aprisionadas dentro de relações que já não querem, num Portugal de forte tradição católica e com contornos de autonomia ainda tão dominados pela supremacia das vontades no masculino. Mas, imediatamente a seguir, não consigo evitar uma certa tristeza. Olhando a questão por outro ângulo, talvez a realidade não tenha (afinal) mudado tanto assim. Ao que parece, as razões de descontamento continuam, em 70% dos casos, a pender sobre as mulheres.

Não sei, pois, se me hei-de alegrar pelo facto de, hoje, a iniciativa do divórcio partir maioritariamente das mulheres, ou se, ao invés, me hei-de entristecer pelo facto de continuarem a ser elas quem continua a ter mais motivos para se decidir por ele.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: