O Elixir da Eterna Juventude

Outubro 6, 2006

estee_lauder_mascara.jpgOntem, ao serão, voltei a partilhar com as meninas esta minha percepção que me intriga e que venho invariavelmente observando desde que “acordei para a vida” (coloquemos as coisas desta forma, ok?!): as raparigas que acham graça a raparigas parecem ser misteriosamente conservadas em formol! Eu sei que, dito assim, pode causar estranheza. A maioria das vezes, aliás, as pessoas dizem imediatamente que se trata de um delírio absurdo e sem nenhum fundamento. Seja como for: nada me demove desta convicção.  Por qualquer desígnio metafísico o efeito da passagem do tempo sobre as meninas não se sente tanto. Envelhecem muito mais lentamente, como se a idade não passasse por elas. Desconheço a fórmula mágica responsável por este fenómeno, mas a verdade é que as raparigas que acham graça a raparigas aparentam ter sempre (no mínimo) menos dez ou quinze anos do que na realidade têm. Hão-de reparar! A mim, por exemplo, salta-me à vista de forma gritante. 

Veio isto a propósito da histeria das mulheres frente ao escaparate dos cremes anti-envelhecimento, no El Corte Inglés, ainda em Barcelona. Uma espanhola sumptuosa e exuberante partilhava comigo os seus dilemas na escolha, como se me conhecesse de algum lado, como se eu tivesse alguma coisa que ver com isso, como se eu entendesse sequer do assunto para a ajudar a tomar uma decisão. Tive vontade de lhe recomendar que experimentasse deitar-se com mulheres, em vez de gastar uma pipa de massa em bisnagas e boiões de resultados, se não duvidosos, pelo menos incertos. Tive vontade de partilhar com ela a minha descoberta científica, “clinicamente” testada nos últimos anos de observação e até agora confirmada com sucesso, em praticamente 100% dos casos observados.  Mas não disse. Mas não partilhei. Deve ter sido esse lado a litlle bit “bitch” que também tenho e que, de vez em quando, me faz  guardar só para mim alguns segredos preciosos!

Estou eu na interminável fila da caixa, com um simples rimmel na mão, a olhar para os cestos cheios de coisas que as meninas seguram e dou por mim, mais uma vez, sem perceber o fascínio que os shoppings  exercem sobre as pessoas em geral e as mulheres em particular! Contra todas as expectativas que os clichés fariam prever, a verdade é que nem as meninas ficam incólumes! Veja-se onde estamos neste exacto momento: em pleno El Corte Inglés, como se não houvesse mais nenhum lugar onde valesse a pena estar, tendo em conta que só vamos passar 24h em Barcelona! Acontece que Demónio de Guarda estava inconsolável porque o frasco do seu perfume se partiu contra o lavatório do hotel. Cavaleira Ruiva queria porque queria o body lotion da sua marca de eleição. Só gosta daquele e recusa-se a usar seja qual for em substituição. Oh, Cristo! Onde é que já vi este filme?? Igualzinha a Red Bull, que também tinha frescuras destas! E depois eu é que sou very femish, very lipstick! Sei!…

«Só vais comprar isso? Ia jurar que encontraria com um cesto cheio de coisas!». Vá lá! Haja alguém que reconhece a injustiça das avaliações precipitadas! Nah! Só quero mesmo esta máscara da Estée Lauder. Como diria a Filha do General, crescer é entrar num processo de despojamento. Como diria a minha mãe: «a sobriedade do simples é a mais eficaz». Como diria eu: estou em plena aprendizagem das virtudes minimalistas e as consequências estendem-se, inclusivamente, aos objectos que guardo no necessaire que anda todos os dias dentro da bolsa. Só um pouquinho de terracota nas bochechas e no nariz, e esse toque mágico, absolutamente indispensável, que cumpre duas funções vitais: além de esconder o feito aloirado do sol sobre as pestanas, as penteia e impede que me entrem permanentemente dentro dos olhos.

Assim sendo, nenhuma dúvida, nenhum dilema. Sou caninamente fiel às minhas coisas de eleição. Portanto,  sim, tem que ser desta marca. Só pode ser esta marca. Reconheço (também é verdade!) que há coisas em que não faço a menor concessão. Sou completamente intransigente. Como as que gosto. Ainda que, por vezes, me saiam estupidamente caras.

Anúncios

Uma resposta to “O Elixir da Eterna Juventude”

  1. Natalia Says:

    oi é porque que ue entro em todos os sites e ñ sch minha palavrarequerida e acho outra coisa que nao tem nadaa ver!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: