Viagens | Este fim-de-semana, em Milão

Setembro 10, 2006

90.jpg

Situa-se a apenas cinco minutos do mítico La Scala e a dois passos do Duomo e do chamado Quadrilátero Dourado, delimitado pelas Via Montenapoleone e as adjacentes Via della Spiga, Via Sant’Andrea e Via Manzoni, onde ficam as lojas das mais reputadas etiquetas do mundo. Depois – e, para muitos, principalmente – é o único hotel no centro de Milão que possui um verdadeiro Éden.

Talvez por estar mesmo ao lado do Orto Botanico (fundado em 1774 por estudantes de farmácia e medicina, e mais tarde um refúgio de Napoleão), o Bulgari Hotel é um verdadeiro oásis de tranquilidade. Aliás, nos meses mais quentes, os seus jardins funcionam como uma espécie de íman para a beautiful people milanesa, que aqui se reúne para tomar um cocktail ao fim do dia.

Desde 1884 que o nome Bulgari está associado ao design de jóias e a Itália, onde nasceu a primeira loja da marca. E é nesta estratégia comercial mais abrangente que surge a criação dos Bulgari Hotels&Resorts. Fica em Milão, em pleno La Brera, bairro que se desenvolve em torno da rua que lhe deu o nome, uma zona pacata, assumidamente residencial e com inúmeras charcutarias e mercearias de charme, galerias de arte, restaurantes de cozinha tradicional, livrarias e boutiques.

aspas_azuis21.jpg Chegámos por volta das sete da tarde. Depois de passar a fria entrada, deparámo-nos com um espaço de grandes dimensões e tonalidades escuras, mas aberto ao exterior através de largas janelas, com colunas de granito, mármore preto do Zimbabwe, painéis de teca e espaços intimistas – criando um efeito simultaneamente monumental e intimista, concebido na totalidade por Antonio Citterio & Partners. O quarto escondia-se por detrás de uma porta maciça. Apesar de não possuir uma dimensão extraordinária, o décor sóbrio, em tons neutros, criava de imediato uma atmosfera de conforto, com uma atenção soberba aos detalhes: rádios de look vintage da marca Tivoli, TVs de plasma, casas de banho em mármore travertino e, é claro, produtos Bulgari. O quarto tinha uma vista para o jardim de cortar a respiração, uma cama de dossel contemporânea, uma casa de banho generosa e românticas varandas.  A pressa e o stress não existem – até porque o serviço, por vezes congestionado, não o permite –, por isso, aproveitámos para ver as vistas e passear no jardim, antes de jantar. O restaurante possui um ambiente teatral (as mesas estão colocadas como que num palco) e deliciámo-nos com uma ementa composta por originais variações de pratos tradicionais italianos, como é o caso do risotto de limão-baunilha, a preços a condizer.

93a.jpg 92c.jpg 92d.jpg 92b.jpg 92a.jpg 91d.jpg 91a.jpg  

Contacto: Bulgari Hotel Milano – via Privata Fratelli Gabba 7b, Milão. Reservas pelo tel. 00 39 02 8058051

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: