Enquanto espero por ti e pelo sushi

Agosto 9, 2006

sushi_hp.jpgEnquanto espero que venhas com o sushi e os beijos, vou-me entretendo com os quilos de informação sobre stress que ontem me entregaram na redacção. Não sei bem como foi que isto me aconteceu: estar de férias e ir à redacção, não estar na redacção e estar aqui a debulhar estas pastas, esperar-te tranquilamente a ler sobre stress, ter o foco no ‘caso nacional’ e ir parar a sites do Oriente. Esta última é talvez a mais fácil de entender: por algum estranho contraditório, o Oriente está tanto para o zen, como para o stress. E a dar sentido a esta minha permissa, eis que dou de caras com duas notícias sobres as novas formúlas de combate ao stress do mundo moderno: enquanto a Malásia oferece massagens gratuitas aos motoristas tensos, no Bar de Libertação de Raiva do Sol Nascente, na China, os clientes podem pagar para bater à vontade nos garçons. É ainda permitido quebrar copos e berrar dentro do estabelecimento.  

E estou eu a debater-me com esta coisa de poder um mesmo lugar acolher a coisa e o seu contrário, em pleno confronto com as pontas díspares que resultam à reflexão a partir desta convivência dos opostos no tempo e no espaço, quando tu entras sem tocar à campaínha. E não sei se é do sushi ou se do mágico composto que resulta da tranquilidade que me inspiras enquanto te espero, misturada a este frenesim que em mim provocas sempre que chegas… sei que, subitamente, já todos os paradoxos do Oriente me parecem  óbvios e ideais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: