Socorro, ela quer triturar-me só porque lhe arrancaram a vida pelo umbigo!

Agosto 1, 2006

robotsleepgrey.jpg
Foto: Pygmalion

Não consigo dormir. Ela é um robot. Programado para esventrar corpos, se eles forem felizes. Programado para roubar almas, se elas forem belas. Programado para asfixiar corações, se eles ainda palpitarem com saúde. Ela é um robot. Vem atrás de mim para me fazer detestar-me tanto quanto ela se detesta, odiar-me como ela se odeia, envergonhar-me como se envergonha, confundir-me como se confunde. Ela é um robot e não me larga. Persegue-me para me fazer ser tão infeliz como ela é. Caça-me para me fazer tão prisioneira como ela se sabe. Maltrata-me para me fazer tão feia e desfigurada como ela própria se vê. Não me larga porque quer que o meu mundo se reduza à mesma merda fétida e podre em que vive, xafurda, se levanta, foge e invariavelmente regressa, por já não distinguir mais nada. Por estranhar tudo o mais. Por já não se reconhecer em nenhum outro lado, sob nenhuma outra forma. Ela: esse robot de merda, que é só merda e pouco mais!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: